O Edifício-Monumento está fechado para obras de restauro e modernização

Museu Paulista em Obras

Em 03/08/2013 a Direção do Museu Paulista viu-se obrigada a interditar o Edifício Histórico que o abriga. Neste espaço, passa a divulgar o dia-a-dia das providências tomadas com relação à restauração e readequação deste edifício, incluindo aquelas que já vinham sendo realizadas.

Atualmente, há três frentes principais de trabalho em andamento no que se refere à preservação do patrimônio histórico: diagnóstico para restauração das fachadas; sustentação e consolidação dos forros; salvaguarda dos acervos. Outras iniciativas dizem respeito ao Plano de Expansão do Museu Paulista.

294

 

CRONOLOGIA

16/03/2017: Transferência do mobiliário da Biblioteca do Museu Paulista do Edifício-Monumento para o imóvel que a abrigará no período das obras.

06/03/2017: Início da transferência do acervo da Documentação Iconográfica e Textual do Museu Paulista do Edifício-Monumento para o imóvel que a abrigará no período das obras.

22/02/2017: Reunião entre a Reitoria da USP e representantes do Grupo Mulheres do Brasil para acompanhamento das ações reaizadas e metas para 2017 do restauro do Edifício-Monumento (Museu do Ipiranga). <saiba mais

08/02/2017: Início da transferência do acervo da Biblioteca do Museu Paulista do Edifício-Monumento para o imóvel que a abrigará no período das obras.

08/12/2016: Cerimônia de Posse da Diretora do Museu Paulista da USP Profª Drª Solange Ferraz de Lima. <saiba mais>

08/12/2016: Assintatura do Termo de Cooperação entre a Universidade de São Paulo e o Grupo Mulheres do Brasil, detalhando a realização dos trabalhos a serem realizados para o restauro do Edifício-Monumento. <saiba mais>

29/11/2016: Início dos trabalhos da empresa L. A. Falcão Bauer Centro Tecnológico de Controle de Qualidade Ltdapara para "Execução de serviço de diagnóstico estrutural completo do Edifício-Monumento".

13/09/2016: Portaria do Reitor da USP sobre nova composição do Grupo de Trabalho Museu Paulista 2022 (GT-MP-2022). Passam a compor o GT Prof. Dr. Marcelo de Andrade Romero, como Presidente, Profa. Dra. Beatriz Mugayar Kuhl, Prof. Dr. Marcelo Dottori, Prof. Dr. Pedro Vitoriano de Oliveira, e Dra. Renata Vieira da Motta; declarando cessados, outrossim, os efeitos da Portaria de 8, publicada no D.O. de 9-1-2016.

23/07/2016: Publicação  no Diário Oficial do Estado da Revisão do Julgamento de Licitação para "Execução de serviço de diagnóstico estrutural completo do Edifício-Monumento", habilitando a empresa L. A. Falcão Bauer Centro Tecnológico de Controle de Qualidade Ltda. como vencedora do certame apta à execuçao do projeto.

02/06/2016: Publicação  no Diário Oficial do Estado do resultado da concorrência para "Execução de serviço de diagnóstico estrutural completo do Edifício-Monumento", habilitando em 1º lugar a empresa ENGETI Consultoria e Engenharia S/S Ltda.

25/02/2016: Assinatura do termo de cooperação entre a USP e o Grupo Mulheres do Brasil (Grupo MdB) com o objetivo de colaborar no projeto de restauro e modernização das instalações do Museu Paulista da USP. <saiba mais>

08/01/2016: Publicação de Portaria do Reitor da USP sobre o Grupo de Trabalho Museu Paulista 2022 (GT-MP-2022), para propor diretrizes e acompanhar os trabalhos de restauro e recuperação do Museu Paulista, com vistas às comemorações dos 200 anos da Independência do Brasil. <saiba mais>

07/09/2015: A equipe do Museu Paulista realiza duas palestras no imóvel da Avenida Nazaré, ao lado do Museu, que será a nova sede do núcleo educativo. O imóvel será inaugurado nos próximos meses para atividades regulares com o público.

1º/09/2015: Suspensão temporária das consultas ao acervo do Museu Paulista, em função dos preparativos para a retirada das obras do Edifício Monumento. A Biblioteca continua realizando atendimentos agendados.

19/05/2015: Visita técnica e aula sobre acessibilidade no Museu Paulista. Estiveram presentes as professoras do Departamento de Tecnologia da Arquitetura da FAUUSP, Rosaria Ono e Cyntia Malaguti e seus alunos de optativa de graduação.

03/2015: Aluguel do último imóvel para recepção de equipes e acervos durante as obras do Museu Paulista. Os imóveis estão sendo adaptados para permitir a conservação das obras e o trabalho das equipes e pesquisadores. Com apoio da FAPESP em parte deles, estão sendo montados laboratórios e infraestrutura especializados.

12/2014 e 01/2015: Recebimento e montagem de mobiliário especializado para receber acervos em 2 imóveis alugados.

11 e 12/2014: Aquisição e montagem, em três dos imóveis, de mobiliário especializado para guarda de acervos e montagem de laboratórios com apoio de projeto de Infraestrutura da Fapesp.

11/2014 - Conclusão do contrato de aluguel do 5º imóvel para abrigo de equipes e acervos.

11/10/2014 - A diretoria do Museu Paulista recebeu no Prédio Histórico a delegação do Gabinete de Apoio ao Ensino Superior, do Governo da Região Administrativa Especial de Macau.

Os chineses estão no Brasil para reforçar os conhecimentos sobre o desenvolvimento do ensino superior e das culturas nos países e regiões de língua portuguesa, bem como para impulsionar o intercâmbio e cooperação, de ambas as partes, nestes mesmos domínios.

Confira as fotos na galeria de imagens. 

09/10/2014 - O Museu Paulista recebeu a visita da especialista internacional Meghan Magee, integrante da equipe responsável pelo transporte dos acervos do Museu do Índio Americano, Washington D.C., Estados Unidos. A profissional atualmente trabalha para o Museu Nacional do Quatar e veio a São Paulo acompanhar a desmontagem do acervo da exposição “Pérolas”, exposto no Museu de Arte Brasileira da FAAP (MAB-FAAP).

Confira as fotos na galeria de imagens. 

12/09/2014 - Visita técnica dos alunos do Curso Tecnólogo de Conservação e Restauro, do Instituto Federal de Minas Gerais (IFMG), Campus Ouro Preto/MG, coordenados pela Professora e Arquiteta Ana Paula de Moraes. Após a recepção da diretora do Museu Paulista, Sheila Walbe Ornstein, a visita as dependências do Museu foi acompanhada pela Drª. Yara Ligia Melo Moreira Petrella, Supervisora do Serviço de Conservação, e Fabiola Margoth Zambrano Figueroa, responsável pelo Setor de Madeira, ambas do Departamento de Acervo e Curadoria. 

Confira as fotos na galeria de imagens. 

31/07 e 01/08/2014 - Programa de atividades no campo técnico-acadêmico junto a equipe do Museu Paulista da USP, outros docentes e especialistas da USP,  do Museu de Arte Sacra (MAS) e do Curso de Zeladoria sediado no MAS, com participação da arquiteta Claudia S. Rodrigues de Carvalho, da Fundação Casa de Rui Barbosa (CRB), Rio de Janeiro.

No dia 31/07, reunião técnica com a participação da equipe de infraestrutura e manutenção, especialistas do Departamento de Acervo e Curadoria do Museu Paulista e o restaurador Antonio Sarasá. O objetivo foi discutir a metodologia de diagnósticos, as principais patologias encontradas e as soluções propostas no projeto de restauração/conservação das fachadas, coberturas e coletores de águas pluviais do edifício monumento do MP.

No dia 01/08, visita técnica às áreas internas ao edifício Monumento do MP com equipe de manutenção, infraestrutura e conservação da Divisão Administrativa e do Departamento de Acervo e Curadoria. Nesta visita foram avaliadas as interfaces entre a preservação do edifício e a preservação das coleções, bem como as questões relativas aos riscos ambientais (temperatura, umidade relativa, iluminação e poluentes) e o seu controle. Ao final, a arquiteta Claudia S. Rodrigues de Carvalho relatou a experiência na CRB para registro sistêmico das intervenções e obras de restauro, registro este que está sendo feito em um site específico sobre as intervenções arquitetônicas deste bem patrimoniado.

A finalidade do encontro foi o intercâmbio de experiências, MP e CRB, relacionadas à implantação de conservação preventiva em edifícios históricos.

Confira as fotos na galeria de imagens. 

07/2014 – Visita técnica ao Museu Paulista de alunos do curso Zeladoria do Patrimônio Histórico Edificado Paulista, organizado pela Associação Museu de Arte Sacra de São Paulo, Estúdio Sarasá e Faculdade de São Bento, orientada pela Profa. Dra. Solange Ferraz de Lima, vice-diretora do Museu Paulista e ministrante da palestra "Uma Introdução à arquitetura eclética da perspectiva da História e Cultura Material".

Na visita técnica foram abordados o lugar do edifício do Museu Paulista na História de São Paulo, a ornamentação arquitetônica e a iconografia sobre a Independência, além das atuais condições do edifício e trabalhos até o momento realizados.

O curso visa capacitar profissionais em ações de gestão, salvaguarda e valorização do patrimônio edificado paulista e tem entre seus objetivos abrir frentes de trabalho no campo da zeladoria patrimonial.

Confira as fotos na galeria de imagens.

03/2014 - Recomposição provisória do rejunte dos ladrilhos hidráulicos existentes nos pisos do edifício do Museu Paulista, importados da Europa no século 19.

A ação de manutenção preventiva foi realizada com argamassa leve de areia e cal no rejuntamento dos ladrilhos hidráulicos existentes nos pisos internos do edifício do Museu Paulista, especialmente nas áreas expostas às águas de chuvas como galerias abertas e terraços.

Esta ação permitirá:

1. Redução de infiltrações das águas de chuvas por esses vãos (juntas entre ladrilhos) evitando que atinjam os forros dos ambientes inferiores e também as abobadilhas dos subsolos.

2. Destaque e identificação dos danos causados ao longo dos anos nos ladrilhos, devido a uso intensivo, tais como: ladrilhos soltos, quebrados ou manchados. Esta identificação será transferida para mapas de diagnósticos, desenhos estes que irão salientar os problemas existentes em cada um destes elementos de acabamento de piso. Estes mapas irão facilitar o futuro restauro dos ladrilhos.

Confira as fotos na galeria de imagens.

02/2014: Escoramento em trecho próximo à entrada  da sala B28 com madeiras autoclavadas e tratadas encimadas junto ao forro com painéis em malha metálica e proteção em tecido, para evitar qualquer dano ao forro. O piso também foi protegido para evitar danos ás tabuas e ampliar a distribuição de cargas no tablado.

02/2014 - Escoramento em toda a extensão do Auditório com madeiras autoclavadas e tratadas encimadas junto ao forro com painéis em malha metálica e proteção em tecido, para evitar qualquer dano ao forro. O piso também foi protegido para evitar danos ás tabuas e ampliar a distribuição de cargas no tablado.

02/2014 - Foram retiradas três pinturas históricas de grandes dimensões do espaço expositivo Sala B-28, andar térreo – galeria oeste, óleo sobre tela,  a saber: “Desembarque de Cabral em Porto Seguro em 1500”  (190 X 333 cm), de Oscar Pereira da Silva, “Fundação de São Vicente” (192 x 385cm), de Benedito Calixto de Jesus, e “Fundação da Cidade de São Paulo” (185 x 340 cm), de Oscar Pereira da Silva, acondicionadas em caixas apropriadas e transferidas para outra sala do Museu Paulista, a fim de iniciar o escoramento da referida sala.

Confira as fotos na galeria de imagens.

01/2014 - Serviços de montagem de estrutura de proteção à Maquete de São Paulo: 

- Plataforma autoportante, confeccionada em vigas de ferro em “U” dobrado;

- Revestimento em tela em poliestireno e lona plástica nas partes superior e lateral.

Sobre a estrutura proposta, será possível, no futuro, a montagem de um andaime a comportar até duas pessoas para os trabalhos de conservação e restauro do forro.

Confira as fotos na galeria de imagens.

01/2014 - Foram verificadas infiltrações de água de chuvas através da claraboia central, respectivamente em fissuras entre rufos e alvenarias, nos vidros e nas emendas, entre vidros e estrutura metálica da própria claraboia.

A ação emergencial consistiu no revestimento da claraboia do Corpo Central, que conta com 120,00m², com a instalação de estrutura acima dela para a minimização das águas das chuvas. O material especificado para tanto consiste em lona reforçada na cor branca, com acabamento em ilhoses para fixação à base da claraboia.

Esta ação irá evitar o máximo possível a queda de águas de chuvas em pisos e escadarias em mármore internos ao Museu, bem como em acervos ali existentes.

Confira as fotos na galeria de imagens.

01/2014 - Instalação de proteção para o acervo da Biblioteca, abrangendo uma área de 90 m2, a partir da montagem de estrutura metálica. Os elementos protetores são revestidos em telas de poliestireno e lonas plásticas, na parte superior e laterais, para acabamento, retenção de poeira e por fim escoramento de pedaços de forro na eventualidade de algum descolamento. A estrutura proposta permite a montagem suplementar de andaime com vistas ao recebimento de até dois técnicos ou especialistas nas futuras ações de conservação e restauro.

Confira as fotos na galeria de imagens.

12/2013 - Atividades de escoramento do forro do Salão Nobre com vistas à proteção do ambiente em caso de possíveis desprendimentos de partes do forro. Trata-se de escoramento atirantado compreendendo painéis metálicos, cantoneiras e telas. Os painéis são dispostos no piso e, então, içados até o forro quando então são atirantados por cabos de aço, fixados na estrutura em madeira do telhado.  Este tipo de escoramento - sem pontaletes no piso - irá permitir o trânsito livre e com segurança de especialistas que irão trabalhar no Salão para retirar pinturas e proteger o quadro Independência ou Morte de Pedro Américo. Este trabalho foi calculado do ponto de vista estrutural pela empresa Vanessa Kraml Arquitetura e Restauro.

Confira as fotos na galeria de imagens.

11/2013 - Transferência de parte dos livros da zona central da Biblioteca, que possui dois níveis - um inferior e outro mezanino, contendo livros e já com sua capacidade de sobrecargas acidentais comprometida, para outra sala no piso térreo, o que irá permitir a colocação das bandejas de proteção nos forros da Biblioteca sem exceder a capacidade atual de sobrecargas do piso em abobadilhas de tijolos e perfis metálicos e revestidos de ladrilhos hidráulicos.

Confira as fotos na galeria de imagens.

11/2013 - Trabalho de mapeamento das interferências em subsolo, por meio de técnica de Radar de Penetração. O GPR (Ground Penetrating Radar) se baseia na propagação e reflexão de ondas eletromagnéticas para observar os coletores de água, esgoto e águas pluviais. 

8/11/2013 - Palestra do Professor Joâo Augusto da Silva Appleton  na FAU Maranhão "Conservação e reabilitação do patrimônio arquitetônico: possibilidade ou necessidade", promovida pelo Museu Paulista  e FAUUSP.

4 a 7/11/2013 - Visita técnica ao Museu Paulista do Professor João Augusto da Silva Appleton, especialista em reabilitação de edifícios históricos, do Curso de Engenharia Civil da Universidade Católica Portuguesa.

Confira as fotos na galeria de imagens.

30/10/2013 - Palestra da Professora Sheila Walbe Ornstein - Diretora do Museu Paulista e do Arquiteto Rogério Bessa Gonçalves - Chefe da Divisão de Projetos (Arquitetura e Engenharia)  da Superintendência do Espaço Físico - USP na Associação Comercial de São Paulo - Distrital Ipiranga "O restauro do Museu Paulista: diagnósticos, projetos e ações em curso".

Confira as fotos na galeria de imagens.

25/10/2013 - Visita Técnica de grupo de pesquisadores que se dedicam ao desenvolvimento de metodologias e tecnologias avançadas para diagnóstico e restauro de patrimônio arquitetônico no Departamento de Arquitetura . São os Professores Marcello Balzani, Luca Rossato. Acompanhados pela Profa. Maria Lúcia Bressan Pinheiro, da FAUUSP, serão recebidos pela Direção do Museu Paulista e pelo restaurador responsável pelos trabalhos atualmente em andamento, Antônio Sarasá.

Confira as fotos na galeria de imagens.

10/2013 - Início da coleta de amostras de argamassas e outros diagnósticos em pontos específicos das fachadas do Museu Paulista, utilizando-se balancins especiais.

Confira as fotos na galeria de imagens. 

10/2013 - Realização de prospecção pela equipe do Estúdio Sarasá, com a colaboração de um arqueólogo e Consultor em argamassas da equipe, junto às fundações do edifício Museu Paulista, com abertura de duas valas junto a edificação. Esta prospecção tem o intuito de verificar a umidade ascendente que atinge as paredes. Com este estudo será possível definir uma proposta de minimizar esta umidade.

Confira as fotos na galeria de imagens. 

10/2013 - Estúdio Sarasá  inicia levantamento dos caixilhos de madeira em pinho de riga, que consiste no dimensionamento das estruturas, com a conferência das medidas, bem como diagnóstico acerca do estágio de conservação de portas e janelas, verificação de danos e patologias.

Confira as fotos na galeria de imagens.

26/09/2013 - Canteiro-Escola: Acompanhados pela  Profa. Dra. Fabiana Lopes de Oliveira, 27 alunos da disciplina de graduação "Razão de ser das manifestações patológicas prediais", da FAUUSP, realizaram visita técnica nas áreas externas do Museu Paulista para observação in loco e diálogo com o restaurador sobre os procedimentos para diagnósticos e projetos de restauro das fachadas.

Confira as fotos na galeria de imagens.

12/09/2013 - Visita técnica do arquiteto Marcos Carillho, do IPHAN - Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, acompanhado por conservadores do Museu Paulista, juntamente com especialistas do Estúdio Sarasá - Conservação e Restauração, para vistoriar os trabalhos em andamento: de diagnóstico, projetos de recuperação das fachadas e forros do Museu Paulista.

12/09/2013 - Início do escoramento atirantado do forro do Salão Nobre.

Confira as fotos na galeria de imagens.

10/09/2013 - Visita técnica do Professor João Mascarenhas Mateus - Engenheiro da Universidade de Coimbra, especialista em reabilitação de edifícios antigos, acompanhado da Professora Beatriz M. Kühl (FAUUSP), Professora Fabiana Lopes de Oliveira, (FAUUSP) e Dra. Mirian Cruxen Barros de Oliveira, Geóloga do IPT, junto com equipe do Museu Paulista. As explicações sobre os trabalho em andamento foram dadas pelo restaurador Antônio Sarasá e Equipe (diagnóstico e projeto de restauro das fachadas) e pela arquiteta restauradora Vanessa Kraml, no interior do MP (diagnóstico sobre as condições físicas dos forros).

06 e 07/09/2013 - O Estúdio Sarasá realizará o monitoramento da ação da projeção da iluminação dos holofotes nas fachadas do Museu Paulista, através de câmera térmica, bem como levantamentos visual e fotográfico. O seu acendimento é de suma relevância para os estudos, pois servirá de parâmetro à incidência das luzes na edificação ao longo dos anos. Destaque-se que das 19 horas do dia 6 até às 6 horas da manhã do dia sete de setembro, ocorrerá o monitoramento constante da iluminação e, também, dos locais onde ela não incide.

03/09/2013 - O escritório VK Arquitetura e Restauro inicia diagnóstico sobre a condição física da sanca (área curva entre o teto e as paredes) da sala de exposição "Imaginar o Início", na Ala Oeste, andar térreo.

28/08/2013 - Fachadas: o Estúdio Sarasá realizou a retirada de amostras para exames destinados a identificação, caracterização do material e respectivas condições. Além dessas unidades, foram selecionados alguns fragmentos desprendidos de outros pontos das fachadas.

22/08/2013 – Problemas são verificados nos forros do Auditório e da Biblioteca.

14/08/2013 – Iniciado trabalho de escoramento do forro do salão de exposição na extremidade da Ala Oeste do 1º andar. 

14/08/2013 – O Museu Paulista transfere, internamente,  acervos de pequeno e médio porte para fora das áreas de risco e inicia trabalhos de proteção de acervos de grande porte. Entre estes, a pintura Independência ou Morte, de Pedro Américo. 

05/08/2013 – A Administração Central da Universidade de São Paulo inicia providências para contratação de trabalhos de escoramento dos forros em risco de desabamento e de vedação da entrada de águas de chuva nos forros.

03/08/2013 – A Direção do Museu Paulista interdita o edifício visando à segurança de visitantes e servidores. Ainda não há previsão de data para sua reabertura.

02/08/2013 – Laudo do escritório VK Arquitetura e Restauro, contratado pelo Museu Paulista para avaliação do estado de conservação dos forros de salões de exposição do 1º andar, informa a Direção do Museu que existe risco iminente de desabamento de dois desses forros.

15/07/2013 – O Estúdio Sarasá inicia os exames e prospecções para elaboração do diagnóstico do estado de conservação das fachadas. Este diagnóstico servirá para embasar projeto de restauração.

15/07/2013 – Protocolado projeto de restauração dos forros dos dois salões de exposição do 1º andar junto aos órgãos de defesa do patrimônio: IPHAN, CONDEPHAAT e CONPRESP.

07/2013 – Desde julho, o Estúdio Sarasá vem realizando análises diárias do estado de conservação das fachadas, incluindo níveis de umidade e realizando medições de fissuras, são feitos registros fotográficos e apontamentos sobre desenhos detalhados das fachadas. Estão sendo colhidas amostras para análises e há atuação de consultores técnicos especializados.

22/06/2013 – A Superintendência de Espaços Físicos da USP assume a coordenação dos trabalhos para a restauração das fachadas do Museu Paulista.

21/06/2013 – O escritório VK Arquitetura e Restauro entrega os primeiros laudos relativos aos forros dos dois salões de exposição do 1º andar, recomendando sua restauração.

18/04/2013 – o Museu Paulista contrata os serviços especializados do escritório VK Arquitetura e Restauro para avaliação de problemas verificados em forros de salões de exposição do 1º andar.

...

Visita técnica e aula sobre acessibilidade no Museu Paulista
Visita técnica e aula sobre acessibilidade no Museu Paulista