O Edifício-Monumento está fechado para obras de restauro e modernização

Resultado do 2º Concurso de Crônicas do Museu do Ipiranga

Anunciamos os ganhadores do 2º Concurso de Crônicas do Museu do Ipiranga, que este ano teve como tema "O QUE EU QUERO ENCONTRAR NO MUSEU DO IPIRANGA EM 2022". Foram 47 textos inscritos, de 8 estados brasileiros e 23 cidades diferentes, dos quais a comissão avaliadora escolheu as três melhores de acordo com (1) relevância e adequação ao tema, (2) conteúdo e (3) estilo e correção do texto. Também foi eleita a crônica que recebeu mais menções no voto popular.


552 A grande vencedora do concurso foi a crônica escrita por Teresinha de Jesus Barbanti Camargo, com o título "Passado e Futuro", obtendo como nota final 9,00. Veja um trecho:

  • "No instante em que meus dedos digitam “O QUE EU QUERO ENCONTRAR NO MUSEU DO IPIRANGA EM 2022”, fica claro em minha mente que o que mais quero encontrar em 2022 dentro do museu é uma forma tecnológica que me permita adentrar em cada obra, me incluir nela e vivenciar nas telas criadas pelos artistas da época tudo o que a realidade virtual e alternativa possa me oferecer para que eu esteja dentro da tela e próxima a D. Pedro no momento da Independência, por exemplo. Esse é meu grande sonho para 2022, interagir com os quadros do museu, numa viagem de volta ao passado." (A crônica completa pode ser acessada aqui)

 

Em segundo lugar, com nota 8.94, foi escolhida a crônica "Espero encontrar minha infância no Museu do Ipiranga em 2022", escrita por Verônica Lazzeroni Del Cet. Veja um trecho:

  • "Quando chegar o dia em que o Museu do Ipiranga estiver pronto, vou sozinha visitar as novas mudanças, mas comigo, por estar sempre comigo mesmo após sua partida, vai estar o meu avô. E com ele no meu pensamento, eu vou desejar mostrar, assim que chegar no Museu, como a arquitetura, cor e o estilo do museu ainda arrancam suspiros de admiração." (A crônica completa pode ser acessada aqui)

 

A crônica "Às margens da Independência", de Samanta Holtz de Camargo, ganhou o terceiro lugar, com nota final 8,78. Veja um trecho:

  • "A Proclamação de 1822, nós já conhecemos bem. É momento de construir novas memórias, novas relíquias e novos assuntos para os museus e livros didáticos do futuro. Que seja, quem sabe, o fim da punição que até hoje cumprimos por uma independência que, mesmo dois séculos depois de anunciada, não aconteceu completamente... e que possamos em breve contemplar o resultado de um novo grito, este entoado a 200 milhões de pulmões verde-e-amarelos: Liberdade ou morte!" (A crônica completa pode ser acessada aqui)

 

No voto popular, com 513 dos 1.985 votos (25,8% do total), venceu a crônica "A realização de um sonho: conhecer o Museu do Ipiranga", de Carlos Eduardo Melo Feitosa. Veja um trecho:

  • "Conhecer o referido museu e até o mundo, via internet, é fácil, mas ter a oportunidade de estabelecer contato físico com esse espaço é algo complicado, porque não depende apenas da minha vontade, mas de vários fatores que me impedem de realizar um dos meus sonhos, que é de poder conhecer, de fato, o Museu do Ipiranga." (A crônica completa pode ser acessada aqui)

 


No próximo sábado, dia 21/10, o Museu irá promover a premiação dos participantes, com a entrega das placas em cerimônia. Todas as crônicas inscritas estão disponíveis e <podem ser acessadas neste link>.

2º Concurso de Crônicas do Museu do Ipiranga